Fotografia: PGL

O jogador bósnio Nikola “NiKo” Kovač  terá rejeitado uma proposta para reforça a equipa de Counter-Strike: Global Offensive da Natus Vincere, segundo sugere o insider Harumi numa publicação feita no seu canal de Telegram.

A organização ucraniana reformulou o seu elenco de Counter-Strike durante o player break, que aconteceu durante os meses de junho e julho de 2023. A NAVI terá tentado a contratação do rifler bósnio, mas, o jogador terá rejeitado a proposta desta organização, pelo que as negociações nunca avançaram.

Na publicação feita por Harumi pode ler-se: “Naquela época, uma pessoa próxima à G2 disse-me que NiKo tinha sido convidado para se juntar à NAVI, mas, recusou. Eu não acreditei, mas ontem, ouvi de outra fonte”.

Esta não é a primeira vez que NiKo tem o seu nome associado a uma transferência falhada. Em 2018, o jogador de 26 anos foi associado à SK Gaming, mas, as negociações acabaram por falhar e o jogador acabou por permanecer ligado à FaZe.

NiKo encontra-se contratualmente ligado à G2, desde outubro de 2020, e a equipa encontra-se a passar por uma boa fase, tendo conquistado, recentemente, o IEM Cologne.