Fotografia: PGL

Os RMR’s para o PGL Major Copenhagen 2024 estão prestes a arrancar. Desse modo, o FRAGlíder apresenta o ‘Road to RMR’. Neste local, serão atualizadas todas informações relativas à caminhada dos esquadrões portugueses para o Major. O foco da peça é o RMR Europeu.

Para chegar ao RMR, as várias formações terão de passar por, pelo menos, duas etapas. Primeiramente, as equipas que não se encontrem classificadas para o convite no ranking da Valve, terão de disputar os qualificadores abertos. Aqui, 16 equipas garantirão a qualificação para os qualificadores fechados. Em suma, haverão quatro qualificadores abertos e, em cada um, serão apurados quatro conjuntos.


Ranking atual coloca SAW fora do qualificador fechado

De momento, a SAW, equipa portuguesa que se encontra na melhor posição no ranking da Valve, não tem certezas de que receberá o convite para o qualificador fechado. De recordar que, o ranking da Valve, atribuí o convite direto para as 16 melhores equipas na classificação.

Ora, nesta altura, a Valve já revelou a data dos convites. No dia 18 de dezembro, a empresa responsável pelo Counter-Strike vai proceder ao envio, mas, até lá, a classificação do ranking deverá mudar. Esta nuance deve-se ao facto de algumas das formações terem efetuados mudanças no conjunto. Desse modo, estas perdem os pontos respetivos aos jogadores que saíram.

Confere a classificação atual das possíveis equipas no qualificador fechado:

Pontos
MOUZ 1783
Virtus.pro 1755
Spirit 1712
NAVI 1573
Cloud9 1530
Eternal Fire 1479
DK BIG 1423
DK Astralis 1363
DK Heroic 1348
1WIN
1324
BetBoom 1315
DK Preasy 1262
9 Pandas 1254
3DMAX 1251
Aurora 1199
FORZE 1173

 


De que forma a SAW recebe o convite?

A situação da SAW é bastante delicada, neste momento. Apesar dos warriors estarem logo a seguir a ECLOT – fora dos convites, mas a próxima a entrar -, a verdade é que com o convite a ser direcionado a apenas 16 equipas, o elenco português encontra-se, atualmente, fora do leque de equipas que deverá avançar para o qualificador fechado.

Porém, os warriors ainda têm esperança de receber este convite por parte da VALVE, já que na última atualização, realizada na passada segunda-feira (11 de dezembro), não constam as alterações de lineups levadas a cabo pela Heroic e ECLOT.

Os lineups destas equipas são os seguintes:

Heroic ECLOT
Ranking Valve Atual Ranking Valve Atual
DK dupreeh DK TeSeS anarkez forsyy
DK cadiaN DK sjuush Valencio Valencio
DK TeSeS NertZ K1-FiDa K1-FiDa
DK sjuush NEOFRAG Dytor
DK Zyphon nbqq nbqq

 

Com a Heroic a apresentar, provavelmente, três elementos diferentes em relação à última atualização, esta poderá ver o seu convite comprometido. O mesmo acontece com ECLOT que, no ranking da Valve, consta ainda com o lineup antigo – duas alterações foram feitas entretanto. A esperança portuguesa recai na possível queda destes conjuntos, para ser uma das convidadas.


Onde se encontram as restantes equipas portuguesas?

 

Mais longe dos lugares de acesso ao qualificador fechado, eis que surgem as restantes equipas portuguesas. Os conjuntos da FTWRhyno, também se encontram no ranking da Valve, e podem receber uma alteração nos pontos conforme os desempenhos recentes.

A Rhyno recebeu, na última atualização vários pontos, o que fizeram com que a equipa portuguesa ultrapassasse a FTW neste ranking. A fénix também procedeu a alterações no lineup, com as saídas de José “shr” Gil e Renato “stadodo” Gonçalves, o que fará a equipa perder mais pontos no ranking.

A Los Alpacas também aparece no ranking, na 79ª posição, mas, devido à dissolução da equipas, estes não serão levados em consideração.

Confere a classificação das restantes equipas portuguesas:

Pontos
53.º Rhyno
979
57.º FTW
946

 

Utiliza esta peça para te colocares a par das classificações das equipas portuguesas. Numa fase de expectativa, o FRAGlíder continuará a atualizar este artigo, com possíveis informações sobre o ‘Road to RMR’.

 

[Atualizado 18/12]