Fotografia: HLTV

Este domingo (10), disputou-se a Grande Final da BetBoom Dacha 2023. Em jogo de loucos, a Spirit bateu a Virtus.pro , num partida decidida em cinco mapas (3-2). Depois de ter estado a vencer por 2-0, a VP tremeu, e sofreu uma reviravolta no resultado.

Esta série à melhor de cinco começou no mapa escolhido pela Virtus.Pro, Overpass. Aqui, a Spirit até entrou melhor, e chegou a estar na frente do marcador por 5-2. Ainda assim, o tempo de domínio chegaria ao fim, e a VP começou a cavalgar no resultado. A turma de Dzhami “Jame” Ali cedeu apenas mais três rondas no resto do encontro, e culminou a vitória com tranquilidade (13-8).

Seguiu-se o mapa de escolha da Spirit, Ancient. No primeiro tempo e ao contrário do mapa anterior, Danil “donk” Kryshkovets e companhia sentiram dificuldades no arranque, e viram-se controlados em todos os momentos. Sem nunca perder a vantagem na partida, a Virtus.Pro voltou a triunfar, e começava a acreditar num possível 3-0 na série (13-9).

Resultado do encontro:

Virtus.Pro Spirit
13 Overpass 8
13 Ancient 9
3 Vertigo
13
5 Mirage
13
 13 Anubis
16

 

Eis que, nos dois mapas seguintes, a jovem Spirit apareceu. O talento da formação russa prevaleceu, e começou a encurtar distâncias no resultado. Em Vertigo e Mirage, a Spirit aplicou um 13-3 e um 13-5, respetivamente, e deu um recital de Counter-Strike. Artem “ArtFr0st” Kharitonov destacou-se e foi o carrasco da Virtus.Pro. O AWPer russo teve um papel fundamental nos dois triunfos da equipa, com rondas de encher o olho.

O último mapa desta série, Anubis, protagonizou todas as decisões. Na primeira parte, a favorita Virtus.Pro saiu por cima, e levou a cabo a vantagem no lado, à priori, preferido neste mapa – terrorista (7-5). Contudo, a Spirit reagiu e conseguiu levar o resultado à estaca zero (12-12). Numa altura onde os jovens da organização sérvia estavam endiabrados, o desfecho da partida aproximou-se. Desta vez, fora Danil “donk” Kryshkovets a aparecer em grande plano, e a confirmar a reviravolta mirabolante da Spirit em prolongamento (16-13).

Esta é a primeira conquista em da Spirit no Counter-Strike 2 em competições Tier 1. A formação de donk conquistou os fãs da modalidade, e levou para casa um prémio de 180 mil dólares.