Astralis-jabbi-stavn
Fotografia: Astralis

Os atletas Martin “stavn” Lund e Jakob “jabbi” Nygaard recorreram às suas redes sociais para esclarecer a transferência da Heroic para a Astralis e, também, a exclusão de Casper “cadiaN” Møller do lineup ativo da Heroic.

O primeiro tópico abordado no comunicado destes dois atletas foi a saída de cadiaN do elenco ativo da Heroic. O duo dinamarquês começa a contar que stavn esteve em contacto com a direção da Astralis e com cadiaN, tendo expressado os seus sentimentos, afirmando que se encontrava a passar por um período de frustração, admitindo estar infeliz com as dinâmicas de liderança da equipa dentro e fora do servidor. O rifler de 21 anos terá deixado claro que estava disposto a abandonar o elenco da Heroic.

No dia seguinte a esta conversa, os jogadores foram informados da mesma e, todos os jogadores e treinadores, exceto cadiaN, terão vocalizado que sentiam o mesmo que stavn. Isto terá levado a uma reunião entre todos os elementos da secção de Counter-Strike e a direção da organização, onde todos os jogadores e treinadores terão chegado à decisão de remover cadiaN do lineup. stavn e jabbi deixaram bem claro que a decisão não tinha sido apenas deles.

A saída da Heroic rumo à Astralis

Em seguida, os jogadores abordaram a saída da Heroic para a Astralis. Após esta decisão tomada na reunião, os dois jogadores afirmam que estavam empenhados em encontrar um quinto elemento e, estavam compretidos com o projeto, porém, terão descoberto que a organização dinamarquesa estava a considerar manter cadiaN e construir uma nova equipa à volta do In-Game Leader de 28 anos.

Esta situação, terá levado a problemas de confiança entre as duas partes e, assim, a dupla dinamarquesa decidiu colocar em consideração diferentes possibilidades para o futuro.

No dia 29 de setembro de 2023, a Astralis terá entrado em contacto com stavn e jabbi, demonstrando interesse na dupla e, apresentando o projeto que tinham em mãos. A decisão dos jogadores em aceitar o convite terá sido rápida, visto que no dia seguinte informaram a Heroic que gostavam de ser transferidos para a Astralis e, consideravam a transferência benéfica para ambas as partes.

stavn e jabbi salientaram que não fizeram acordo nenhum com a Astralis sem que a organização tivesse chegado a acordo com a Heroic e, assim, afirma ser falsa a informação transmitida pela Heroic que afirma que os dois jogadores comunicaram terem planos para se juntar à Astralis.

Os jogadores consideraram ainda que o comunicado feito pela Heroic no dia 25 de outubro, onde a organização afirmava que a dupla tinha afirmado que renovaria contrato caso cadiaN abandonasse o elenco, não correspondia à verdade, uma vez que apesar de terem existido negociações sobre a renovação do vínculo, os jogadores nunca terão chegado a um consenso ou acordo.

Lê também:

Para terminar o comunicado, a dupla que se encontra, atualmente, ao serviço da Astralis, afirma nunca ter conspirado para a saída de cadiaN ou para prejudicar a Heroic. stavn e jabbi mostraram-se bastante agradecidos pelo tempo que passaram juntamente com o In-Game Leader e com a organização dinamarquesa.