Fotografia: DreamHack

No mais recente vídeo partilhado por Martin “STYKO” Styk no seu canal de YouTube, o atleta da Apeks explica a importância do freezetime.

O freezetime são os 15 segundos que antecedem o início de uma ronda, onde as equipas devem discutir o que vão fazer e comprar o que precisam para disputar essa ronda. Para além disso, serve para descansar um pouco e aliviar a pressão da partida. Porém, para o jogador eslovaco, esta é a parte mais importante de uma ronda para as equipas profissionais.

STYKO começa por dar alguns conselhos sobre como utilizar estes 15 segundos. O jogador de 26 anos começa por dizer que é importante dar espaço ao In-Game Leader para ele pensar e decidir o que fazer. O rifler realça que neste período é muito importante não interromper a pessoa que se encontra a falar se não existir necessidade para isso. Caso seja necessário dizer algo, como pedir o drop a um colega de equipa, o atleta da Apeks aconselha a que seja utilizado o chat. Porém, nesta situação, STYKO recomenda que esta mensagem tenha o nome do colega que deve dropar.

O freezetime deve ser também o momento em que a equipa partilha as rotinas que a equipa adversária está a ter, de forma a tentar puni-la.

O jogador que desempenhou a função de In-Game Leader na Apeks na temporada passada propõe alguns aspetos que devem ser abordados quando a equipa joga a CT e quando joga T.

Para não se perder tanto tempo a explicar detalhadamente processos rotineiros, o eslovaco aconselha a que sejam criadas palavras de código para descrever estas jogadas, de modo a que seja poupado tempo.

Por último, STYKO afirma que é importante partilhar a responsabilidade, com cada jogador a ter uma tarefa diferente. Enquanto um decide o que a equipa vai fazer, outro analisa a economia adversária, outro aborda as rotinas adversárias  e pode existir um jogador que tente animar a equipa.

Vê também: