Fotografia: HLTV

Esta quinta-feira (7), arrancou o terceiro dia da BetBoom Dacha 2023, competição que decorre nos Emirados Árabes Unidos. No Grupo A da prova, MIBR bateu a Cloud9 e qualificou-se para os playoffs. Já no Grupo B a qualificação sorriu para a Virtus.pro, que enviou Spirit para um duelo decisivo contra FURIA.

O primeiro duelo do dia deu-se entre duas equipas da zona CIS. Virtus.Pro e Spirit protagonizaram um clássico da região e deram espetáculo no servidor. Em Ancient, mapa inaugural escolhido pela Spirit, a partida ficou decidida apenas em tempo-extra, com o equilíbrio esperado a aparecer. Contudo, nesta fase, a vitória sorriu à turma da Virtus.Pro, que se mostrou resiliente contra uma jovem formação adversária (16-13).

Resultado do encontro:

Virtus.Pro Spirit
16 Ancient 13
13 Overpass 10

 

No segundo mapa, Overpass, o duelo voltou a ser equilibrado, e as duas formações chegaram empatadas ao intervalo (6-6). Eis que, pela primeira vez na série, um dos conjuntos se superioriza num dos lados do mapa. A defender, a Virtus.Pro distanciou-se e triunfou com uma vantagem de três rondas (13-10).

MIBR ultrapassa Cloud9 em jogo intenso

De seguida, deu-se o embate do Grupo A entre MIBR e Cloud9. O vencedor qualificava-se para a próxima fase, ao passo que o perdedor seguia para um duelo decisivo. No primeiro mapa e como era esperado, a Cloud9 mostrou-se superior, e culminou um resultado arrebatador. A formação russa não deu hipótese na escolha adversária, Anubis, e parecia em bom plano para garantir os playoffs (13-3).

Resultado do encontro:

Cloud9 MIBR
13 Anubis 3
13 Inferno 16
6
Mirage
13

 

Ora, numa altura onde se imaginaria a vitória da Cloud9, a MIBR apareceu a todo o gás. Ao intervalo no segundo mapa, a turma brasileira perdia por 8-4 e, desde então, nunca tirou o pé do acelerador. O duelo foi para tempo-extra, e a formação canarinha oficializou a reviravolta (16-13). No mapa seguinte, Mirage, a Cloud9 estava notavelmente em baixo, e a MIBR aproveitou. Com classe e qualidade, a equipa brasileira operou um avassalador 13-6.

FURIA vence ‘super-Astralis’

O novo conjunto da Astralis é cotado como um dos mais sonantes do novo mercado de Counter-Strike. Ainda assim e com pouco tempo de trabalho, a organização dinamarquesa não foi capaz de ultrapassar a FURIA. No primeiro mapa, Mirage, as contas ainda forma equilibradas, e as duas formações apenas resolveram o resultado no segundo Overtime do tempo-extra. Aqui, o triunfo sorriu para o conjunto brasileiro, que assegurou a vantagem no seu mapa de escolha (19-17).

Resultado do encontro:

Astralis FURIA
17 Mirage 19
5 Nuke 13

 

Ora, se o primeiro mapa foi equilibrado, o segundo não justificou. Em Nuke, mapa escolhido pela Astralis, o duelo teve apenas um sentido, e a FURIA aproveitou a falta de coordenação adversária. A defender, Gabriel “FalleN” Toledo e companhia aplicaram uma desvantagem de oito rondas à formação nórdica, e a vitória estava próxima (10-2). Na segunda parte, a Astralis ainda tentou reagir, mas sem sucesso perante uma FURIA competente (13-5).

Em suma, a Astralis ficou eliminada no terceiro dia da BetBomm Dacha 2023. No Grupo A, Cloud9 e BetBoom vão defrontar-se por um lugar nos playoffs, ao passo que Spirit e FURIA disputam a mesma vaga no Grupo B.